domingo, dezembro 12

sexo entre almas

Dois corpos se entrelaçam tranformando em um só, voz baixa aos ouvidos pelo arrepio de um fio de cabelo. Alma desconhecida que se entrega aos poucos pelo prazer da satisfação. Respiração ofegante, pernas tremem, palavras jogados ao vento de gemidos. Loucura de paixão de enlouquece mentes, apagando a chuva da tarde e a nossa música é a batida de nossos corações, se ache em meu abraço, faça de mim notas silenciosas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário